XXII Aniversário – Nasceu uma Tuna, Nasceu a Camoniana

camoniana_ganga

Nasceu uma Tuna! Comemoramos este ano o XXII aniversário do nascimento da TUNA CAMONIANA “In Vino Veritas” da UAL.

Uma Tuna que cresceu, que mudou, que amadureceu, unida pela música, pela tradição e espírito académico, pela boémia e sobretudo por Lisboa e pela amizade.

É uma data bonita e simbólica mas queremos mais e melhor por isso o presente momento é o ideal para agradecer tudo o que de fantástico já vivemos e tudo aquilo que de menos bom nos aconteceu (pela oportunidade que nos deu para refletir e procurar melhorar), aproveitando, ao mesmo tempo, para reafirmar que existe um grande caminho pela nossa frente e que está nas nossas mãos fazer dele um sucesso.

Na passagem deste XXII aniversário comemoramos, igualmente, mais de um ano sobre a decisão de retomarmos os ensaios e de sacudir as capas e batinas. Conseguimos cumprir os objetivos a que nos propusemos e a par dos ensaios, conseguimos realizar ao longo do ano algumas apresentações públicas e recrutar alguns novos elementos.

Estamos vivos e continuamos com estímulo e vontade para crescer, melhorar e regressar aos palcos deste mundo. Em conjunto com a UAL estamos a trabalhar para voltar a dar grandes alegrias à Universidade e aos seus alunos, mas também a todos quantos por esse país fora gostam de nos ouvir tocar e cantar e de partilhar o nosso entusiasmo e o ímpar espírito Camoniano.

Todas os nossos feitos e realizações – espetáculos, festivais, trabalhos discográficos, e muitos outros – são já passado. Estamos de olhos postos no futuro e nos projetos que estão por concretizar e que nos motivam a continuar a honrar a UAL e a família Camoniana.

No passar de mais um aniversário não podemos deixar de recordar todos os amigos que já não estão connosco e, acima de todos eles, o nosso grande amigo e saudoso Reitor, Professor Doutor Justino Mendes de Almeida.

Agradecemos a todos os Camonianos e respetivas famílias, com uma especial palavra de carinho e amizade pelos Fundadores da Tuna sem os quais nada teria existido.

Agradecemos, também, aos nossos magníficos Tunos honorários:

À Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra por serem uns companheiros únicos, de uma amizade e generosidade sem palavras que nos enche de orgulho e alegria, uns verdadeiros irmãos! Ooooop!

À D. Nina por ser a nossa grande madrinha, um poço de amizade e afetuosidade que sempre nos orientou e apoiou nos bons e nos maus momentos, o ombro amigo que todos um dia precisamos.

Ao Prof. Doutor Reginaldo de Almeida a quem muito devemos por nos ter sempre ajudado a crescer e a colocar em causa os nossos limites, estimulando-nos dessa forma a sermos melhores e a chegar mais longe.

Ao Prof. Doutor José Tavares sempre presente em espírito e amizade e um incansável embaixador da Tuna Camoniana em Portugal e no estrangeiro.

Ao Ricardo “MANELINHO” Ferreira eterno companheiro de folia pelos becos e ruelas de Lisboa.

Agradecemos, ainda, à atual Reitoria da UAL e à Direção da CEU-CRL, bem como aos colegas de universidade, e a todas as Tunas e Tunos que nos têm acompanhado ao longo deste percurso.

Por fim, Obrigado Camoniana… irmãos de um sonho nascido em 21 de Janeiro de 1992.

Ad multos annos”

Comentários

Leave a comment